Novas regras do Rotativo e parcelamento de fatura

O que mudou?

Desde Abril de 2017, o uso do crédito rotativo está limitado a um mês. Entenda como funciona pelo exemplo abaixo:

Tela do aplicativo do Nubank mostrando para o cliente o valor da fatura do mês de abril no valor de 1000 reais, dos quais 800 reais foram pagos gerando um crédito rotativo de 200 reais que será cobrado no mês de maio.

No vencimento da fatura de Maio, qualquer valor em aberto (no rotativo ou em atraso) deverá ser pago. Para isso, te daremos algumas opções de pagamento.

Conheça as opções de pagamento

1. Usar o valor total

Tela do aplicativo do Nubank mostrando que a fatura foi paga em sua totalidade

A melhor opção é pagar o total da fatura, assim você fica em dia e evita cobrança de juros e IOF em outras faturas.

2. Parcelar a fatura

Tela do aplicativo do Nubank mostrando que a fatura do cartão será paga em seis parcelas

Ao pagar um valor maior ou igual ao mínimo, o restante da sua fatura será automaticamente parcelado em até 12x, com juros e IOF. Esse parcelamento tem juros menores que os do rotativo e os de atraso, além de parcelas fixas para que você se planeje melhor.

3. Pagar o mínimo + rotativo

Tela do aplicativo do Nubank mostrando que o cliente pagou apenas o valor mínimo da fatura atual.

Se não quiser parcelar, você pode pagar o mínimo dos gastos do mês atual mais o valor que ficou em aberto. Fique atento, pois o valor restante entrará em um novo crédito rotativo, com juros e IOF.

Escolhendo qualquer uma dessas opções, você se mantém em dia com o seu roxinho!

Caso você queira outras opções de parcelamento, você pode simular os valores pelo nosso app ou também falar com a gente nos nossos canais de atendimento.

Tela do aplicativo do Nubank mostrando que o cliente pagou apenas o valor mínimo da fatura atual.

Quer saber mais?

Para mais detalhes, assista ao vídeo do nosso Xpeer Online sobre a nova regra.

Vídeo explicativo sobre como funciona o novo rotativo e o parcelamento da fatura